Fundo cinza ondulado

Giuliano Giova

SKILLS

  • Perícia judicial em questões de alta tecnologia

  • Educação em ciências forenses

  • Laboratórios remotos

Quem é você sem dizer o que você faz?

Um entusiasta arrebatado pelas conquistas do ser humano. Quando criança construía rádios e antenas para captar emissões provenientes de países distantes, um desafio à época. Logo ultrapassou essas fronteiras montando um telescópio. Muito pequeno, mas suficiente para transportar a mente juvenil por um imenso firmamento, aventura impulsionada por um vizinho em São Paulo, o saudoso astrônomo Jean Nicolini. Claro que a corrida espacial também marcou presença, jovem concluinte do ensino médio no CIEM-UnB participava da montagem de minúsculos protótipos de foguetes, ruidosamente testados nos largos campos de uma bela Brasília que ainda estava em construção. O espírito investigador continua vivo meio século depois, um tributo a todos os professores que mostram aos seus alunos como é boa a paixão pelo mundo.

Agora conta para gente um pouco do que você faz: seu estudo e sua experiência profissional.

Graduado em Ciências Econômicas pela FECAP e mestre e doutor em Sistemas Eletrônicos pela Escola Politécnica da USP, iniciou sua trajetória profissional nos anos setenta atuando em tecnologia da informação, primeiramente em pioneira empresa de aviação comercial e depois em moderna instituição financeira, ambas corporações brasileiras de elevado destaque nos seus respectivos cenários mundiais. O novo século modificou seu caminho, foi atraído pelo intenso debate judicial que começava a ser travado nos tribunais acerca da Internet e dos novos negócios online. Esse cenário foi oportuno para empreender, em 2001 criou uma organização que a imprensa batizou de “ciber-peritos”, por ser pioneiramente focada em perícias judiciais sobre falhas em sistemas, fraudes e delitos cibernéticos. O tempo se encarregou de agregar à empresa outras áreas do conhecimento, como telecomunicações, engenharia eletrônica, engenharia de segurança, fonoaudiologia, documentoscopia e outras disciplinas de interesse da perícia forense. A grande velocidade com que a sociedade absorve tecnologias inovadoras e a crescente complexidade da produção de provas técnicas nos tribunais foram fatores relevantes para a mais recente mudança em sua carreira, a criação de uma academia focada nas Ciências Forenses.

%C3%A2%C2%80%C2%94Pngtree%C3%A2%C2%80%C2